Sai África do Sul, entra Brasil no Moma

No último post falávamos em África do Sul. Coincidência ou não, fui ao Moma ver a instalação de um artista brasileiro e acabei descobrindo que era o último dia de uma exposição que eu queria vez há tempos: Impressions from South Africa, 1965 to Now. Me sinto péssima de postar isso quando Inês é morta eContinue reading “Sai África do Sul, entra Brasil no Moma”

Nova York, Senegal ou Palmas?

Toda vez que o verão chega, aqui em Nova York, começa uma discussão entre os brasileiros: o calor no Rio é pior que o daqui? Sempre tive a sensação de que nada se comparava ao forno em que se transforma a Big Apple neste época do ano, mas pensei que fosse algum lapso de memória.Continue reading “Nova York, Senegal ou Palmas?”

Você não está só!

Descobri que não sou a única que entra em pânico quando o verão chega em Nova York. É tanta coisa incrível para fazer ao mesmo tempo que o grande dilema é fazer tudo caber no espaço de 24 horas. Caramba, por que os dias não são mais compridos no verão? Bem que o congresso americanoContinue reading “Você não está só!”

Casey e a necessidade de punir

Caso difícil este da Casey Anthony. Aos olhos da opinião pública, da mídia, da família, ela é culpada. Trinta e um dias sem a filha? A babá a sequestra e ela não diz nada? Tinha ela qualquer sentimento de dor quando a menina desapareceu e foi encontrada morta? São tantas coisas que a condenação pareciaContinue reading “Casey e a necessidade de punir”